sábado, 5 de dezembro de 2009

Um presente de Natal antecipado

Ao fim de oito dias, e depois de três noites ao relento, o Charlie reapareceu, graças a uma família que gosta de animais.
No sábado passado saímos todos em família para ver o «Up», que a minha filha mais nova andava a pedir há tempos. Deixei, inadvertidamente, o portão mal fechado. Quando chegámos, nem sinal do Charlie. Não sabíamos se desaparecera há muitas ou poucas horas. A primeira reacção foi metermo-nos no carro, eu com dois dos meus filhos, e gritarmos por ele nas povoações vizinhas ao Cobre: Birre, Pampilheira, Torre, Bairro Santana, Encosta da Carreira, Bairro da Assunção, Bairro da Caixa, Bairro J. Pimenta... Nada. Devemos ter andado perto, pois dois dias mais tarde soube que ele terá sido avistado no Bairro Santana, a correr pelo meio da estrada.
Graças à rápida assistência da Fundação São Francisco de Assis, que me encaminhou para o magnífico site Encontra-me, pude elaborar, sem a mínima dificuldade, os cartazes de ocasião. Sempre vi muitos espalhados por aí, e nunca acreditei grande coisa na sua eficácia. Enganava-me redondamente. Ainda só espalháramos meia dúzia, um dos quais posto por uma pessoa amiga no mini-mercado da Charneca, quando, hoje de manhã, tínhamos uma mensagem de alguém que recolhera o Charlie.
Sei agora que ele andou por aqui, num raio de dois-três quilómetros, indo parar a um local entre o Guincho, a Areia e a Charneca. Quando foi avistado por uma senhora desta última aldeia, estava esgotado e sem forças; passara três noites à chuva e ao frio. Uma família, com mais cães, recolheu-o; dias depois viu o anúncio e o Charlie cá está.
Agradeço a todos quantos se preocuparam, e, aqui na "Caverna", especialmente a A. João Soares, A. M. Sousa, Ana, Ana Abrantes, Ana V., Anamar, Austeriana, Brígida Rocha Brito, Carminho, José Manuel Fonseca, Manuel Matos Nunes, Maria, Maria de São Pedro, Nelson Reprezas, Nuno Lebreiro , O Ovo Estrelado, Papoila, Paulo Ferrero, Sofia
Um forte abraço.

30 comentários:

maria disse...

eu bem dizia ::)))))))
esses anuncios funcionam mesmo :::)))

como eu gosto de boxers... tive uma perdida que recolhi com as patitas todas cortadas que nunca consegui encontrar os donos ...

presumimos que foi perdida no parque de campismo do Guincho pq o corte de orelhas era feito em Espanha, andamos por clubes, por exposições mas não encontrámos os donos...
encontrou outros que a adoraram ::)))
xi
maria

Carminho disse...

Fico muito contente! Na altura também espalhámos anúncios e ligava imensa gente a dizer que a tinha visto.

Agora vai ver que vai passar a estar muito mais atento aos anúncios e aos cães que estão perdidos na rua.

Bom natal!!

d.e. disse...

Ainda bem, Ricardo. Ontem, quando me falou, quase que nem reagi. Também não tinha grandes possibilidades de ajudar.
Hoje fico feliz pelo reencontro. Nem todos os cães são como os da Animal Farm, aliás, estes de que agora falo (e ontem falámos)são uma notável e infeliz minoria.

a mesa de luz disse...

Que bom! Fico mesmo contente por saber as novidades, ainda bem que o Charlie voltou para casa. Afinal quem sabe não passou por aqui, na Aldeia do Juso.. Um abraço,
Ana

Dalaiama disse...

Caro RAA, que bom que o seu cão apareceu! Eu acabei de ler o seu comentário e vinha aqui dizer-lhe que cá em casa somos todos muito sensíveis aos animais, especialmente aos cães e gatos abandonados e perdidos. Ia dizer-lhe que estaríamos atentos caso nos cruzássemos com o vosso amiguinho, mas já não é preciso e ainda bem. De qualquer modo, coitadinho dele, que esteve na rua mesmo na altura do frio e da chuva. É um resistente!
Ainda bem que tudo se resolveu do melhor modo!
Tudo de bom por aí :)

Dalaiama disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dalaiama disse...

Olhe, aproveito para lhe agradecer (desculpe os dois ou três meses de atraso) o seu comentário ao tempo da Bienal do Avante. Se nos tivéssemos cruzado por lá, ter-nos-íamos cumprimentado :)
Felicidades para si!
Bom Natal :)

RAA disse...

Maria: o que vale é que há sempre quem não seja indiferente aos animais em sofrimento. Pela descriçao, ele deve ter sido salvo quase no limite das forças.

Carminho: sem dúvida.

Viva Manuel! É verdade, este, para mim, é mais igual que os outros!

Ana: eu andei por lá...

Dalaiama: é verdade, é um fortalhaço! Quanto à Bienal, é verdade, foi uma bela supresa ver lá o seu trabalho, que, como já lhe disse, muito aprecio.

Mais um abraço a todos.

Piotr Kropotkine disse...

ora aí está uma noticia em contraste com a tragédia grega do país....

ainda bem que apareceu, já tive companheiros de jornada destes e são bem melhores que a maioria dos outros que atendem telemóveis e trocam de numeros

Sofia disse...

Boa noite,
Só hoje vi o comentário que pôs no meu blog e já me estava a preparar para divulgar.
Estou mesmo feliz que já tenha encontrado o Charlie e com saúde!:)
Em setembro também me aconteceu o mesmo com uma cadela, que fugiu com medo da trovoada e com a ajuda do encontra-me e da divulgação por email,consegui encontrá-la passados 3 dias, mas posso dizer que foram dias horríveis. Não aconselho ninguém passar por isto.
Abraço,
Sofia

RAA disse...

É bem verdade, caro Kropotkine; além disso, representam mal...

Sofia: obrigado pela disponibilidade. É incrível quando voltamos a ter notícias; é como um sonho.

Um abraço a ambos.

Paulo Ferrero disse...

Ainda bem que tudo acabou em bem. Só reparei no S.O.S. há minutos. Tiveram todos muita sorte!! Eu não tive a mesma há 28 anos com o meu beagle Bob, saudoso Bob. Grande abraço. Paulo

papoila disse...

Olá RAA,
Como sabe fiquei muito contente com o regresso do Charlie, vi que deixou no Espumadamente um agradecimento e venho dizer: "não tem de quê".
Este Natal vai ser especial.
xx

A M Sousa disse...

Pois também eu fiquei muito feliz com a notícia do retorno do Charlie.
Só quem alguma vez teve a felicidade de fruir o afecto de um animal pode compreender a dor da sua perda.
"Amados cães" é um dos vários títulos de José Jorge Letria.
Trata-se, como ele próprio escreve, de "um livro de amor aos cães que celebra os afectos, a fidelidade, a solidariedade e a amizade".

E já agora, não virá muito a propósito ou talvez sim; permitam-me que lance daqui um apelo a pretexto de um tema que está na ordem do dia:
"A Cimeira de Copenhaga é a depositária das esperanças da humanidade nas próximas duas semanas." lia-se hoje na Comunicação Social.
O apelo é este:
POR FAVOR SALVEM O PLANETA DA CATÁSTROFE !!!

EM NOME DE TODAS AS CRIANÇAS. EM NOME DOS NOSSOS FILHOS. EM NOME DOS NOSSOS NETOS. EM NOME DA VIDA!

RAA disse...

Paulo, enorme abraço para ti!

Muito especial, Papoila.
Obrigado mais uma vez.

Obrigado também, AM Sousa.
Todas as ocasiões são boas para falar de Copenhaga. Agora e sempre, pois é uma cidade fantástica.

Ana disse...

Felizmente que o Charlie voltou a casa e já o podemos ver a passear pelo jardim, feliz e contente!

RAA disse...

Ana, se você for quem eu penso que é -- é verdade, você está em melhores condições do que ninguém para o ver.
Obrigado pelo comentário e pelo interesse!

annie hall disse...

Vim até aqui pelo blog desenho do diae apesar de só hoje ter lido a aventura do Charlie , respirei de alivio como se tivesse seguido tudo desde o inicio.
Os anuncios resultam , nós aqui tivemos um labrador de 2 anos roubado dentro de casa!!!Entraram na cozinha e .....Anuncios por esse ribatejo e não é que telefonaram de coimbra dizendo que na casa ao lado tinha aparecido um cão muito parecido.fomos até lá com receio de que se fosse um engano e colocar as pessoas zangadas por suspeitarmos delas.Mas o Kiko mal nos viu saltou de alegria,não havia duvid.Ainda tinha a chapinha com o nome e o nosso telefone.O chip veio confirmar quem era o dono.
Ficamos tão contentes que nem nos espantamos que um roubo deste genero não seja punido .

Boa sorte para o charlie:)

RAA disse...

Foi uma sorte! Mas, é um facto, os anúncio resultam mesmo.
Obrigado pela história e pelos votos, que retribuo.

Brigida Rocha Brito disse...

Fico contente :-) Pobre Charlie que devia estar mais do que assustado com a aventura.

maria disse...

desejo-vos muita Luz , muita Saúde e muita Paz e que o novo Ano vos traga tudo quanto desejo para mim.
xi
maria de são pedro

Austeriana disse...

Tudo está bem quando acaba bem e o Charlie é LINDO!

RAA disse...

Brígida: estava estranhamente calmo.
Um abraço.

Maria de São Pedro: obrigado, também para si!

Oh, Aust! Isso é bem verdade :|
Abraço

A. João Soares disse...

Desejo Feliz Natal e Vida Nova para todos, colaboradores, comentadores e visitantes deste blogue

Cumprimentos
João

RAA disse...

Obrigado, caro Amigo.
Feliz Natal também para si e os seus.

annie hall disse...

Bem-haja pelos seus votos que venho retribuir desejando um Feliz 2010 cheio de saúde e boa disposição :)
Já agora uma festa ao malandrote do Charlie:)

Austeriana disse...

Oh! Oh! Oh! FELIZ NATAL, RAA!

605 Forte by CPiteira disse...

:)

日月神教-向左使 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,正妹牆,情色視訊,愛情小說,85cc成人片,成人貼圖站

Valquíria Oliveira Calado disse...

♥ A Esperança e a Desesperança

Há dias em nossas vidas que temos a impressão de que chegamos no fim do caminho. Olhamos para frente e não vemos nem uma saída. Não há uma luz no fim do túnel e não há também nem uma possibilidade de voltar. Parece que todos os nossos projetos, objetivos foram levados para bem distante. Estamos sem condições de torná-los realidade, de alcançá-los. Parece mesmo que o outono da nossa existência fez com que secasse as nossas esperanças, e o vento forte do inverno veio para varrer das nossas mãos todos os nossos sonhos acalentados. A morte vem e arrebata os afetos de nossa alma, deixando-nos o coração dilacerado. Sentimo-nos perdidos, não sabemos que rumo tomar. Ficamos atônitos, sem nem uma ação ou reação. Sentimo-nos como árvore ressecada, sem folhas, sem brilho, sem vontade de viver. É a desesperança.

De repente, como acontece com a natureza, a primavera vem e muda toda a paisagem. As árvores secas enchem-se de frutos verdes e logo estão cobertas de folhas e flores. O tom acinzentado cede lugar às cores vivas e tonalidades mil. É a esperança. Os entes queridos que nos antecederam na viagem de retorno à pátria espiritual, um dia estarão novamente juntos aos nossos corações saudosos., num abraço de carinho e afeição. Tudo na natureza volta a sorrir. A relva verde fica bordada de flores, de variadas matizes. As borboletas bailam no ar. Os pássaros nos brindam com suas sinfonias harmoniosas. Tudo é vida.

Assim ,quando a chama da esperança reascende em nosso íntimo, os nossos sonhos, desfeitos, são substituídos por outros anseios, outros desejos. Nossos objetivos se modificam, e o entusiasmo nos invade a alma.

Jesus, o sublime Galileu, falou-nos de esperança no Sermão da Montanha, com o suave canto das Bem-Aventuranças. Exemplificou-nos os seus ditos e feitos. Enfim, toda a sua mensagem é de esperança. Por isso alimente os seus sonhos, com a esperança de um mundo feito de pessoas como você.

Aproveite, viva a vida com intensidade, respeitando o espaço de cada uma das pessoas que se fazem presentes na face da Terra. Se a desesperança cercar-se de nós, vamos lembrar o amigo dos céus: "Meu fardo é leve e meu julgo é suave". Pois bem, se o fardo é leve, por que não o conduzimos e se o seu julgo é suave, por que não o aceitamos? Vamos levar a vida adiante, acreditando, especialmente, naquela força maior que nos deu vida, Deus, independente de qual seja o nome que você dê a ele. Saibamos aproveitar com sabedoria qualquer momento que a nós é oferecido, momento como esse que estamos vivendo, pra dizer quem sabe um... eu te amo!

 
Golf
Golf